4 maneiras inusitadas de tomar café pelo mundo

Os Jogos Olímpicos do Rio chegaram à metade e, dentre competições, recordes, medalhas e belas histórias, um acontecimento nos chamou a atenção. Alguns estrangeiros têm reclamado do café servido na Vila Olímpica e locais de competição. Mas a gota d’água foi quando um jornalista canadense, Scott Stinson, reclamou do tamanho do copo de café servido em uma sala de imprensa.

scott-stinson-coffee-tweet-olympics-rio-2016-2
“Eu sei que todos já postaram fotos dos pequenos copos de café dos centros de imprensa do Rio, mas sério”. Tweet do jornalista canadense causou a fúria dos brasileiros.

Os internautas brasileiros se enfureceram e atacaram o jornalista. Alguns tentaram apaziguar os ânimos explicando as diferenças entre o modo do brasileiro tomar café para o canadense, americano e outros povos. Mas aí a discussão já tinha tomado as redes sociais.

Uma vez que café é com a gente mesmo, resolvemos fazer esse post sobre a maneira que o café é consumido em diferentes lugares no mundo. Preparados? Vamos lá!

  1. Kopi Gu You, o café com manteiga
O café quente dissolve a manteiga e deixa o Kopi Gu You com um aroma inconfundível. Créditos Stephen Loh / Fonte: Instagram.
O café quente dissolve a manteiga e deixa o Kopi Gu You com um aroma inconfundível. Créditos Stephen Loh / Fonte: Instagram.

A aparência pode não ser das melhores, mas o aroma é agradável e a bebida fica mais encorpada. Alguns ainda dizem ser possível perceber melhor as notas caramelizadas do grão. A receita é bem simples: primeiro coloca a manteiga na caneca e depois o café, que irá dissolvê-la pelo calor.

O Kopi Gu You é bem popular em Singapura e no sudoeste asiático e facilmente encontrado em cafeterias locais, chamadas de kopitam.

  1. Café Turco
O café turco é servido em pequenas porções, depois usam a borra para ler a sorte. Créditos: Sudharsan Narayanan / Fonte: Flickr.
O café turco é servido em pequenas porções, depois usam a borra para ler a sorte. Créditos: Sudharsan Narayanan / Fonte: Flickr.

No Brasil somos acostumados a tomar café coado, não é o caso aqui. O café turco é preparado num recipiente de cobre ou latão chamado cezve e o pó utilizado é muito fino, como uma farinha. Além de apreciar o café, existe um misticismo em torno do café turco: a cafeomancia.

Após terminar de beber, deve-se virar a xícara rapidamente para que a borra se espalhe sobre o pires. Então é possível ler o futuro através das imagens que se formam. Esse método ficou muito conhecido no Brasil durante a novela “O Clone”.

  1. Café de cocô de elefante

Apesar de parecer nojento, esse é considerado uma das maiores iguarias do mundo. O elefante come o grão do café, mas não é capaz de digerir. Porém, o processo de digestão o torna mais suave e menos amargo. Esse tipo de preparo é famoso na Tailândia, mas também existe uma versão brasileira.

Trata-se do café de jacu, coletado nas fezes do pássaro homônimo. O jacu é encontrado nas florestas brasileiras, principalmente do sudeste, e pode chegar a 85 cm de comprimento.

  1. Kaiser melange
Kaiser melange é uma bebida austríaca que mistura café, ovo e mel. Créditos: David McKelvey / Fonte: Wikimedia Commons.
Kaiser melange é uma bebida austríaca que mistura café, ovo e mel. Créditos: David McKelvey / Fonte: Wikimedia Commons.

Café, gema de ovo e mel. Esses são os três ingredientes dessa bebida austríaca. Primeiro coloca o ovo e o mel em um copo, xícara ou onde você for beber, depois acrescenta o café quente devagarinho enquanto mexe a bebida. Se quiser também pode colocar conhaque e leite.

Parece delicioso!

Você conhece alguma outra receita “inusitada” de café? Mande para a gente, quem sabe não usamos num próximo post.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

[]