5 dicas rápidas para um café delicioso na Moka

Cafeteira Italiana Moka Cafe Cultura

Pela praticidade e excelente café, a Moka, Bialetti ou Cafeteira Italiana – você escolhe – é muito popular entre os coffee lovers. Ela foi criada em 1933 pelo senhor Alfonso Bialetti, que buscava fazer um café com a mesma intensidade das máquinas de espresso das cafeterias. Como ele fez isso?

Se inspirou em uma máquina de lavar que tinha uma caldeira com uma cesta para roupas. Quando a água começava a ferver, ela subia e escaldava as peças de roupa. Assim elas eram higienizadas. Então foi só fazer alguns ajustes: trocou o cesto por um filtro, as roupas pelo pó de café e pronto. Tinha uma cafeteira!

O resultado é um café mais encorpado no sabor e com mais cafeína. Realmente bem próximo do espresso.

Conversamos com o Joshua Stevens, nosso mestre de torra e barista, e ele nos deu algumas dicas preciosas para fazer um café na moka que ninguém vai colocar defeito. Anota aí.

1. A Cafeteira Italiana

Primeiro vamos entender como ela funciona. A cafeteira se divide em três partes:  a água fica na parte de baixo e o pó de café vai no meio, num recipiente com pequenos furos. Por fim, a parte de cima é rosqueada à cafeteira, que é levada ao fogo. Mas calma que vamos explicar direitinho.

2. A água

Encha a base da cafeteira até a válvula de segurança com água mineral ou filtrada. Como ela vai direto ao fogo, não precisa aquecer a água previamente. Ah, coloque um pouquinho de água também na parte de cima, assim  sua bebida não ficará tão amarga ao entrar em contato com o alumínio quente.

3. A granulação do pó

É muito importante  usar a moagem certa para cada método de preparo. Já falamos disso em outros posts. Então, apenas relembrando: use a granulação média, pois o pó muito fino iria entupir o filtro. Não é o que queremos.

4. Coloque no fogo e não saia de perto

Sabemos que a água entra em ebulição em 100ºC. Com a tampa aberta, fique de olho para ver se ela vai subir. Quando começar, tire do fogo e feche a tampa. Esse é o segredo.

5. Quantidade

30 gramas de café servem em média seis xícaras. Há alguns modelos de cafeteira que fazem a quantidade exata para uma pessoa.

Em nossa loja virtual você encontra vários modelos e cores.

E aí? Mais alguma dica importante? Conta para a gente!

13 comentários em “5 dicas rápidas para um café delicioso na Moka

  1. Maria da Conceição Rocha Carvalho disse:

    Comprei uma e não consegui fazer um bom café, então dei para minha filha, mas, com estas dicas vou comprar outra.

    • cafeculturablog disse:

      É difícil fazer uma proporção correta de seis para duas xícaras, Luciana, pois a Moka pede que você coloque água até o limite da base. Caso contrário, ela não vai subir e extrair o café corretamente. E se você colocar menos pó de café, a bebida não terá a intensidade característica da cafeteira italiana.

      Então, as melhores opções são: ou convida os vizinhos para tomar um café, ou compra uma Moka para duas xícaras. Temos alguns modelos em nossa loja virtual.

    • cafeculturablog disse:

      Pode sim, Luana. Não vai danificar o aparelho, mas lembre-se de limpar bem a Moka depois. Recomendamos colocar só um pouco e com muito cuidado não queimar o açúcar no fundo.

  2. diegoofeliciano disse:

    Comprei uma bialetti com, inclusive essa azul da foto do post, mas se eu tirar do fogo quando o café começar a sair, ela para de sair o café, o que posso estar fazendo de errado? O café que estou usando é o house blend de vocês com moagem para moka.

    • cafeculturablog disse:

      Olá, Junior.
      Sim, vai precisar colocar sempre a quantidade para 3 xícaras, caso contrário não haverá pressão da água para extrair o café. É uma proporção fixa. Se você colocar menos água, ela não subirá; e se colocar menos café, a bebida vai ficar aguada.

    • cafeculturablog disse:

      Oi, Lucas. Dá uma conferida na quantidade de café e na moagem que está utilizando. A parte onde coloca o pó precisa ser cheia e sem compactação, a água no nível da válvula e o café com moagem para moka. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *