Australiano está há dois anos tomando café com seus amigos do Facebook

Em época de redes sociais, quantos dos seus amigos virtuais você realmente conhece? Foi essa pergunta que inspirou o australiano Matt Kulesza, 30, a começar o projeto 1000+ coffee. “Eu estava olhando para a minha lista de amigos no Facebook e pensando ‘certamente não conheço todas essas pessoas. Vou começar a desfazer as amizades’. Mas achei que poderia fazer um esforço para conhecê-las melhor”, explica.

Como ele fez isso? Ah, começou a convidar cada um deles para tomar um café e jogar conversa fora. No início fazia quatro ou cinco encontros por semana. Isso lá em 2014, mas precisou diminuir o ritmo por conta dos outros compromissos.

Até hoje ele já teve mais de cem encontros com seus amigos do Facebook. Alguns até fora da Austrália: como Nova Iorque, Tóquio, Tailândia, Vietnã… E não pretende parar tão cedo. Ele também planeja vir ao Brasil encontrar seus três conhecidos brasileiros.

Conversamos com ele via e-mail sobre o projeto, os planos, como tem sido a experiência e muito mais.

Então, pegue o seu café e vem com a gente. Ah, abre o Facebook também. Quem sabe não te inspira a fazer algo parecido?

Matt tomando um café com Verity Peterson, sua amiga de Facebook desde Outubro de 2007. (Fonte: Fanpage Facebook)
Matt tomando um café com Verity Peterson, sua amiga no Facebook desde Outubro de 2007. (Fonte: Fanpage Facebook)

Café Cultura: Como surgiu a ideia de criar o projeto?

Matt Kulesza: Eu estava olhando a minha lista de amigos no Facebook um dia e pensando “certamente eu não conheço todas essas pessoas. Vou começar a desfazer as amizades”. Mas eu já encontrei com todos os meus amigos do Facebook na vida real, então achei que seria interessante fazer um esforço para conhecê-las em um nível mais profundo.

A cultura de tomar café em Melbourne é muito grande, então foi uma decisão fácil de tomar. Às vezes eu iria reacender uma amizade antiga, outras conhecendo novas pessoas depois de encontra-las uma vez ou outra na vida.

CC: Há quanto tempo você está fazendo isso?

MK: Desde 2014. No início eu fazia quatro ou cinco encontros por semana, agora eu diminuí o ritmo por causa dos meus afazeres com faculdade e trabalho. De qualquer maneira, é um projeto contínuo que espero continuar fazendo por muito tempo.

Em Cingapura, tomando um café com Emily Dang, sua amiga no Facebook desde abril de 2016. (Fonte: Fanpage no Facebook)
Em Cingapura, tomando um café com Emily Dang, sua amiga no Facebook desde abril de 2016. (Fonte: Fanpage no Facebook)

CC: Como você aborda as pessoas?

MK: Simplesmente perguntando. Como eu disse, já encontrei todos os meus amigos do Facebook pelo menos uma vez na vida real, então é só mandar uma mensagem e falar “ei, você gostaria de tomar um café comigo?”. Simples!

CC: Como a experiência tem sido? O que ela tem te acrescentado?

MK: Tem sido uma experiência incrível e mudou a minha vida totalmente! Eu me tornei um comunicador melhor, até hoje tomei mais de 100 cafés e tive conversas excelentes. Acredito que todos têm uma história interessante ou algo que possam te ensinar. E parte do meu projeto é aprender com os outros. Sempre saio desses encontros enriquecido e inspirado pelas pessoas e suas histórias.

CC: Quantos encontros você já teve até agora?

MK: Estou na casa dos 100, mas infelizmente não tenho tempo para escrever no blog sobre cada pessoa que eu tomo café.

Com Genki Sekiya, amigos no Facebook desde setembro de 2012, em Tóquio. Eles se conheceram em Nápoles, Itália, quando viajavam pela Europa. (Fonte: Fanpage do Facebook)
Com Genki Sekiya, amigos no Facebook desde setembro de 2012, em Tóquio. Eles se conheceram em Nápoles, Itália, quando viajavam pela Europa. (Fonte: Fanpage do Facebook)

CC: E os amigos não australianos? Como você planeja encontra-los? Vi que você estava em Cingapura, qual a próxima parada?

MK: Além de Melbourne, tomei café com amigos em Nova Iorque, Tóquio, Chiang Mai (Tailândia), Ben Ter (Vietnã) e Cingapura. Eu amo viajar, então se estou na mesma cidade que algum amigo do Facebook, vou tentar me encontrar com ele. Mas a grande maioria dos meus amigos do Facebook são de Melbourne mesmo.

CC: Você tem amigos brasileiros? Planeja vir ao Brasil para tomar um café com eles?

MK: Tenho três amigos no Facebook que moram no Brasil. Dois são um belo casal que conheci viajando no Marrocos e o outro é um agente literário que mora no Brasil. Sem dúvida alguma, eu AMARIA visitar o Brasil um dia, mas a passagem de avião saindo da Australia é bem cara. Um dia!

Vamos cruzar os dedos. Eu realmente quero provar o café brasileiro e comer feijoada. Ah, e ir ao carnaval.

Bom, o café brasileiro já sabe onde conseguir. 🙂 #vemprocafecultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *