Conheça a nova roda de sabores e aromas do café

Com quais palavras você descreve o café assim que dá o primeiro gole? O que você fala quando quer descrever o sabor e o aroma do que acabou de beber? Saiba que existem termos que foram cuidadosamente desenvolvidos por especialistas para definir as características de cada um deles.

Criada na década de 80, a Roda de Aromas e Sabores foi encomendada pela Associação Norte-Americana de Cafés Especiais (SCAA), com a intenção de formar um guia de degustação do café. O trabalho foi inspirado na roda de sabores de vinhos e pretendia servir como uma ferramenta para o desenvolvimento dos parâmetros de avaliação da bebida. Foram quatro anos de trabalho intensivo para reunir os termos frequentemente usados para os mais diversos tipos de cafés do mundo. A grande roda era, então, dividida em duas partes: aroma e paladar.

2016 foi um ano de mudanças para este trabalho. A roda de sabores do café acaba de receber uma releitura, na qual ganhou 110 descrições. Também lançada pela SCAA, a roda se mostra muito importante para o mercado de cafés especiais – com ela, é possível avaliar melhor a qualidade da bebida e conectar essa qualidade do café ao preço pago por ele. Com a mudança, vários produtores, torrefadores e empresários que trabalham com cafés especiais devem ser beneficiados.

Essa releitura era fundamental para a nova realidade do mundo do café, afinal, nesses mais de 20 anos, desde o lançamento da primeira Roda, vários conhecimentos foram acumulados. Para o desenvolvimento do novo trabalho estiveram envolvidos pesquisadores, acadêmicos e especialistas da indústria do café.

De acordo com a SCAA, a Roda não é um trabalho terminado. O avanço do desenvolvimento da produção e degustação do café vai exigir atualizações constantes e novos termos. Ainda bem – quanto mais tipos de café, melhor para nós, apreciadores, certo?

 

SCAA_FlavorWheel.01.18.151-724x1024