Série Nossos Blends: conheça o Bourbon Amarelo

Blend Bourbon Amarelo do Café Cultura

Se você acompanha este blog, sabe que estamos em uma série de posts sobre os nossos cafés. Já explicamos o que é um café arábica, falamos do House Blend e agora chegou a vez daquela que é considerada uma das melhores variedades para um café especial: o Bourbon Amarelo.

Não se sabe exatamente a sua origem, mas a primeira vez em que examinaram a espécie, foi em 1930. Há duas vertentes bem aceitas para explicar como surgiu este café: uma é a mutação natural do Bourbon Vermelho – proveniente da ilha de Bourbon, território francês no oceano Índico -, outra seria o cruzamento do próprio Bourbon Vermelho com a espécie Amarelo de Botucatu.

Por ser uma variedade de café arábica, ele é cultivado acima de mil metros de altitude, em condições muito específicas de clima e solo, sem contar todo o cuidado extra necessário durante o processo. Isso explica porque o Bourbon Amarelo corresponde a apenas 15% das plantações de café no Brasil.

Pois falemos do nosso blend. Ele vem da Fazenda Recreio – no Vale da Grama, micro região da Mogiana em São Paulo -, fundada em 1890 e vencedora de diversos prêmios de cafés especiais. O Joshua Stevens, nosso mestre de torras, explica que decidiram pela torra clara porque ela amplifica as características únicas deste grão: aroma intenso, sabor adocicado de açúcar mascavo, acidez cítrica e frutado e uma textura achocolatada.

Deu água na boca? Então se liga nessa dica do Joshua: o Bourbon Amarelo é muito bom para fazer em um método de preparo filtrado e tomar puro. Seu preferido é na Hario V60, que faz uma bebida limpa, com acidez leve e um final doce.

Não é à toa que ele é tão apreciado ao redor do mundo.

2 comentários em “Série Nossos Blends: conheça o Bourbon Amarelo

    • cafeculturablog disse:

      Olá, Joao.
      No momento não, nossas capsulas podem ser utilizadas na Nespresso ou em qualquer máquina genérica que seja compatível com o sistema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *