Efeito Blooming – por um café espetacular

Depois de saber disso, você nunca mais vai querer saber de outra coisa. O ‘coffee bloom’ é, incrivelmente, o exato momento em que a água entra em contato com o café – a sua pré infusão. Quando o grão de café passa pelo processo de torra, acaba por expandir e liberar dióxido de carbono. E é aí que a mágica acontece e você sente aquele cheirinho de café. Sim, o efeito blooming é o que faz você sentir o aroma favorito de pessoas como nós – o de um bom café recém passado e fresquinho.

 

REAÇÕES FÍSICO-QUÍMICAS – AS RESPONSÁVEIS

O gás carbônico é o resultado da união entre um átomo de oxigênio e um átomo de carbono, também popularmente conhecido como CO2. Foi descoberto em 1754 por Joseph Black e é um dos protagonistas da realização da fotossíntese  – aquele processo fundamental para a vida no planeta que transforma energia solar em energia química. Esse gás carbônico é liberado do café em contato com a água, no momento da torra e dentro da embalagem – mas nem sempre isso acontece. Esse show de aromas não acontece de qualquer jeito. Para que ocorra o efeito blooming é fundamental que sejam utilizados cafés com torra clara e moídos na hora. Sim, se o café não for fresco os gases se perdem dentro da embalagem, ou até mesmo fora dela, devido ao armazenamento inadequado.

QUERO EFEITO BLOOMING TAMBÉM
Mas como atingir o efeito blooming perfeito? Uma dica é utilizar filtro de papel ou metálico, assim você consegue visualizar o efeito de perto. O encontro da água com o café recém moído gera bolhas de ar no centro do bolo que se forma. Quanto mais o café subir, mais fresco é o cafezinho que você vai tomar.

Confira o passo a passo:

  • Escalde o filtro de café e elimine toda a água do recipiente. Caso utilize filtro de metal, é importante que escalde os acessórios antes do preparo.

 

  • Para garantir o frescor do grão, escolha cafés com torras de até 3 meses. Procure essa informação na embalagem do produto.
  • Moa o café na hora. Pode ser moagem fina, média e grossa – você escolhe a granulometria.
  • Coloque de 15g a 40g de café no filtro – a quantidade pode variar conforme a quantidade de xícaras a serem preparadas. Dica: quanto menos café e menos água, mais bonito será o blooming.
  • Esquente a água de preferência em uma chaleira com bico de ganso (assim você controla melhor o fluxo). Comece a pôr a água iniciando os movimentos pelas laterais e vá afunilando até chegar ao centro até que todo o pó esteja umedecido.
  • Espere – em alguns segundos as reações físico-químicas começarão a acontecer e as bolhas começarão a subir. Quanto mais bolhas, mais fresco é o café.
  • Após 30 segundos de pré infusão você já pode inserir mais água como desejar, chegando a um café mais forte, médio ou fraco.

 

 

Gostou? Faça o cofffee bloom em casa e conte pra gente o que achou! Logo estamos de volta por aqui com mais notícias, novidades e curiosidades sobre o universo do café. <3

 

Fonte: Revista Espresso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *